Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

COMÉRCIO JUSTO E SOLIDÁRIO

Loja da Rua de Cedofeita

 

A loja do Comércio Justo, de Cedofeita, festejou ontem o seu 2º aniversário. Porque se trata dum projecto que apoio e admiro, quero contribuir, deste modo, para a sua divulgação.
 
 
Todos sabemos que no circuito comercial “normal”, a produção, sobretudo no chamado Terceiro Mundo, assenta no trabalho barato, e muitas vezes escravo, de homens, mulheres e crianças. Para além disso, não se investe na formação dos trabalhadores, nem se respeita os direitos humanos ou o ambiente.
 
 
Na tentativa de alterar este cenário, devolvendo a dignidade aos que trabalham e proporcionando aos consumidores produtos de qualidade cuja produção não agrida o ambiente, criou-se o COMÉRCIO JUSTO E SOLIDÁRIO que é
 
Uma parceria comercial baseada no diálogo,
transparência e respeito.
Contribui para desenvolvimento sustentável
oferecendo melhores condições de comércio tendo em conta os direitos
dos produtores e trabalhadores marginalizados,
especialmente no Sul do mundo.
 
 
Objectivos
 
  • reconhecer o preço justodos produtos dos camponeses e dos   artesãos do Sul do mundo
  • promover a justiça sociale a dignidade
  • favorecer o desenvolvimento sustentável das pessoas e do ambiente
  • preservar os direitos humanos, das mulheres e das crianças
  • garantir condições de trabalhoe de vida seguras e dignas
  • oferecer oportunidades de formaçãoe informação para o crescimento social e económico
  • fornecer crédito solidárioe pré-financiamento aos produtores
  • praticar a transparêncianas informações e no preço
  • respeitar a continuidadenas relações comerciais

 

 

Por tudo isto, vale a pena comprar nas lojas do Comércio Justo. Os produtos alimentares são de altíssima qualidade e os artesanais bonitos e originais.
No Porto, existe uma outra loja no Parque da Cidade.
 
 
 
 

 

 

 

publicado por amaroporto2 às 16:39

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.as minhas fotos

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A HISTÓRIA E O VALOR DO C...

. ÉDEN TEATRO

. "A Brasileira" nos Anos 5...

. Betão e Poluição

. O burburinho de mil vidas

. PORTO

. No 170º aniversário do na...

. Porto Sentido

. O Porto há cem anos 1

. A Cidade nos Livros

. Preservar a memória colec...

. Coliseu do Porto tem 70 a...

. A Publicidade em 1959

. Júlio Resende: um portuen...

. Tripas à moda do Porto

. Paços do Concelho da Cida...

. S. JOÃO no PORTO de outro...

. Memórias da cidade

. Porto meu

. A evolução de Darwin

. Fim das Comemorações da R...

. Não me obriguem!

. ALMEIDA GARRETT

. 11 de Janeiro de 2011

. Avenida da Boavista

. CORREIO DA NOITE

. Pelos Caminhos de Antero ...

. Fernando Pessoa

. As regras da sensatez

. Da minha janela...

.arquivos

. Agosto 2016

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds