Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

SAUDADES DE ADRIANO

 

 

Canção com lágrimas
 
Eu canto para ti um mês de giestas
Um mês de morte e crescimento ó meu amigo
Como cristal partindo-se plangente
No fundo da memória perturbada.
 
Eu canto para ti um mês onde começa a mágoa
E um coração poisado sobre a tua ausência
Eu canto um mês com lágrimas e sol o grave mês
Em que os mortos amados batem à porta do poema.
 
Porque tu me disseste: quem me dera em Lisboa
Quem me dera em Maio. Depois morreste
Com Lisboa tão longe ó meu irmão tão breve
Que nunca mais acenderás no meu o teu cigarro.
 
Eu canto para ti Lisboa à tua espera
Teu nome escrito com ternura sobre as águas
E o teu retrato em cada rua onde não passas
Trazendo no sorriso a flor do mês de Maio
 
Porque tu me disseste: quem me dera em Maio
Porque te vi morrer eu canto para ti
Lisboa e o sol. Lisboa com lágrimas
Lisboa à tua espera ó meu irmão tão breve.
 
Letra: Manuel Alegre
Música e interpretação: Adriano Correia de Oliveira
 
 
Raiz
 
Canto a raiz do espaço na raiz do tempo
E os passos por andar nos passos caminhados.
... Caminho onde caminhas passo a passo.
E braço a braço meço o espaço dos teus braços:
Oitenta e nove mil quilómetros quadrados.

E um país por achar neste país.

 

Letra: Manuel Alegre
Música e interpretação: Adriano Correia de Oliveira
  

 

Lembro-me do sábado em que morreste. Um dia triste, um dia em que quereríamos fechar as bocas dos que davam a notícia. Mas a morte calou a tua voz cristalina que me fez, tantas vezes, chorar. "Pergunto ao vento que passa"...  Estive no teu funeral, em Avintes. A imagem que guardo é dum dia de chuva. Passados 25 anos, já nem sei era chuva se eram lágrimas.

E o que dói, meu amigo, é que nós, os vivos, continuamos a ter "oitenta e nove mil quilómetros quadrados. E um país por achar neste país."

A tua voz e o teu canto continuam, hoje, a ser indispensáveis, porque "há sempre alguém que resiste; há sempre alguém que diz: NÃO!"

publicado por amaroporto2 às 15:46

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Neves, AJ a 14 de Novembro de 2007 às 11:53
Olá
Cheguei aqui por indicação de um amigo que publicitava "para quem amar o Porto (cidade)"... Com um sorriso nos lábios de imediato pensei cá com os meus botões que se é para quem ama o Porto CIDADE então terei que visitar. Tive o privilégio de aí residir durante 6 meses e apesar de ser uma ínfima de tempo no calendário da vida foi o suficiente para criar uma empatia enorme de imediato e principalmente com o Rio (Douro, note-se) e as Pontes. Depois veio o resto,... arquitectura, parques, jardins, azulejos e também Igrejas e curiosamente até fui cliente mais ou menos assíduo das Antas já que me eram oferecidas "borlas" para os jogos.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá <BR>Cheguei aqui por indicação de um amigo que publicitava "para quem amar o Porto (cidade)"... Com um sorriso nos lábios de imediato pensei cá com os meus botões que se é para quem ama o Porto CIDADE então terei que visitar. Tive o privilégio de aí residir durante 6 meses e apesar de ser uma ínfima de tempo no calendário da vida foi o suficiente para criar uma empatia enorme de imediato e principalmente com o Rio (Douro, note-se) e as Pontes. Depois veio o resto,... arquitectura, parques, jardins, azulejos e também Igrejas e curiosamente até fui cliente mais ou menos assíduo das Antas já que me eram oferecidas "borlas" para os jogos. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Enchanté</A> .. assim me sinto no meio desta viagem. Adorei reviver o Porto Cidade e voltarei, tá prometido e que as minhas palavras não sejam chamadas de circunstanciais quer por "visitante educado à procura de retribuição" quer por (penso que seja...) a autora deste espaço ser conhecida ou pelo menos por comungarmos laços de afinidade para com algumas pessoas que nos são bem queridas. <BR>Aos desprevenidos ou desavisados poderá parecer estranho colocar aqui o comentário ao Porto nesta entrada dedicada a Adriano, mas não é não senhor. Afinal, porque não fazer como com os coelhos e matar duas saudades só com um texto? <BR><BR>Aquele abraço <BR>Neves, AJ <BR>Se me é permitida sugestão que tal colocar ligação a um som de Adriano? À TROVA, por exemplo...
De Neves,AJ a 14 de Novembro de 2007 às 11:57
Sinceramente que não imagino a razão pela qual o comentário anterior ficou nesse estado... penso que não terei feito nada errado...

Comentar post

.mais sobre mim

.links

.as minhas fotos

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A HISTÓRIA E O VALOR DO C...

. ÉDEN TEATRO

. "A Brasileira" nos Anos 5...

. Betão e Poluição

. O burburinho de mil vidas

. PORTO

. No 170º aniversário do na...

. Porto Sentido

. O Porto há cem anos 1

. A Cidade nos Livros

. Preservar a memória colec...

. Coliseu do Porto tem 70 a...

. A Publicidade em 1959

. Júlio Resende: um portuen...

. Tripas à moda do Porto

. Paços do Concelho da Cida...

. S. JOÃO no PORTO de outro...

. Memórias da cidade

. Porto meu

. A evolução de Darwin

. Fim das Comemorações da R...

. Não me obriguem!

. ALMEIDA GARRETT

. 11 de Janeiro de 2011

. Avenida da Boavista

. CORREIO DA NOITE

. Pelos Caminhos de Antero ...

. Fernando Pessoa

. As regras da sensatez

. Da minha janela...

.arquivos

. Agosto 2016

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds