Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amar o PORTO +

"Não há futuro sem memória. Sem enraizamento e sem memória, os povos, como os homens, são apenas náufragos." Manuel António Pina

Amar o PORTO +

"Não há futuro sem memória. Sem enraizamento e sem memória, os povos, como os homens, são apenas náufragos." Manuel António Pina

O PORTO NO OLHAR DE OUTROS

04.10.07, amaroporto2
Domingo, 10 de Junho de 2007
PORTO (Ribeira)
Depois duma visita ao Porto, José Rodrigues Miguéis afirmou: "Fiquei com muitas imagens gravadas na retina da-i-alma..."
JOSÉ  RODRIGUES  MIGUÉIS
Nasceu, em Lisboa, em 1901
Formado em Direito na Universidade de Lisboa, veio a formar-se, posteriormente, em Ciências Pedagógicas na Universidade de Bruxelas.
Colaborador em jornais e revistas, foi advogado, professor do Ensino Secundário, tornando-se igualmente reconhecido como orador e ideólogo político.
Sentindo o peso da censura salazarista, expatriou-se para os Estados Unidos da América, onde acabou por falecer, em 1980, depois de ter ainda vivido algum tempo em Portugal e no Brasil.
Da sua obra, destaca-se Léah e Outras Histórias (1958), contos e novelas que projectaram o autor, impondo-o como um dos grandes nomes entre os prosadores do seu tempo.
Objecto de inúmeras traduções, a sua obra tem inspirado também numerosos artigos e estudos universitários.